O que é um ensaio de iluminação FLD?

7 de abril de 2021

Voltar

O ensaio de iluminação natural consiste em uma medição normalizada pela ABNT NBR 15575. Essa medição é feita in-loco para atestar o desempenho lumínico dos ambientes de uma edificação habitacional, de acordo com o Fator de Luz Diurna (FLD). O FLD é um nível de iluminância requerido pela NBR 15575, referente à parcela de luz difusa de origem natural, que adentra o ambiente pelas esquadrias externas e atinge o ponto interno de medição, ou seja, é a relação entre a iluminância interna e a iluminância externa à sombra.

O não atendimento à NBR 15575 pode acarretar penalizações judiciais, por isso é importante atender os requisitos mínimos de iluminação natural estabelecidos pela norma. Portanto, para assegurar-se de que as dependências do seu edifício recebam a iluminação natural conveniente é essencial realizar o ensaio de iluminação natural com o método de avaliação indicado pela norma. Esse método consiste em realizar as medições em um plano horizontal, com um luxímetro portátil, aceitando erro máximo de mais ou menos 5% do valor medido. O luxímetro deve ser posicionado no centro dos ambientes, a 0,75m acima do nível do piso, com iluminação artificial desativada e sem a presença de obstruções opacas (janelas, cortinas e portas internas abertas etc.). Além disso, é necessário atender também as seguintes condições:

 

  1. Medições em dias com cobertura de nuvens maior que 50% e sem precipitações.
  2. Para caso de conjuntos habitacionais constituídos por casas ou sobrados, considerar todas as orientações típicas de diferentes unidades.
  3. Para o caso de conjuntos habitacionais constituídos por edifícios multipisos considerar, além das orientações típicas, os diferentes pavimentos e as diferentes posições dos apartamentos nos andares.
  4. Na ocasião das medições não pode haver incidência de luz solar direta sobre os luxímetros.
  5. O fator de luz diurna (FLD) é dado pela relação entre a iluminância interna e a iluminância externa à sombra, de acordo com a seguinte equação:

FLD=100EiEe

           Ei = Iluminância interna de cada ambiente

           Ee = Maior valor de Iluminância externa à sombra 

 

Além das condições básicas, é importante contar com técnico capacitado e devidamente equipado com um luxímetro certificado e calibrado. Nessas condições, o técnico da Harmonia, in-loco, realizará a medição em pelo menos três pontos externos à sombra, para obter o valor de iluminância externa. Em seguida ele irá para o interior da edificação e realizará a medição de todos os pontos internos necessários, registrando os valores de cada ambiente, que são referentes à iluminância interna. Por fim, ele irá medir novamente os três pontos externos e anotar os valores.  Com esses valores em mãos temos o que precisamos para determinar o FLD de cada ambiente. Para isso utilizamos um dos valores de iluminância externo medido e o aplicamos na equação acima com os valores de iluminância interna de cada ambiente.

O resultado dessa equação dirá qual o nível de desempenho lumínico nas diferentes dependências das construções habitacionais, que deverá ser comparado com os níveis apresentados na Tabela 43 da NBR 15575:

Após esse processo podemos dizer se sua construção atende a esse critério da norma e oferece a iluminação natural conveniente segundo o desempenho estabelecido pela NBR 15575.